Eletra – em dia com suas obrigações e valorizando seu corpo técnico
25 de junho de 2018
Nova redação do Estatuto da Eletra é aprovada pelo Conselho Deliberativo
29 de junho de 2018
Exibir tudo

Giro de Notícias – Edição 190

JOVENS NÃO SE CONTENTAM MAIS EM ENVELHECER APENAS COM A APOSENTADORIA

 

Você já sabe o que vai fazer no fim de semana? Está na dúvida, ainda é quarta-feira, tem muito tempo e opção para aparecer até lá. Se é assim, com três dias à frente, imagine quando o planejamento é para daqui a 30, 40 ou 50 anos!

Só que pra entender como a reforma na Previdência vai impactar daqui a tanto tempo na vida, muitas pessoas começam cedo. Jéssica Ferreira já tem essa preocupação. Autônoma, aos 24 anos, não só paga o INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social) como um plano de previdência privada fechada.

São 16 milhões de pessoas entre 19 e 29 anos de idade que destinam, todo mês, parte do salário ao INSS e o retorno só vai vir bem lá na frente.

Com as mudanças na Previdência, essa geração que acabou de entrar no mercado de trabalho está cheias de dúvidas: será que vai valer a pena se aposentar?

O jornalista Diego Moura vê os avós ganhando um dinheirinho que dá, no máximo, para pagar despesas básicas. Então, logo aos 22, ele já ligou o alerta.

Com a reforma da Previdência, a idade para se aposentar será maior que a atual tanto para homens quanto para mulheres. O tempo mínimo de contribuição com o INSS também será alterado, com a elevação do tempo mínimo de contribuição para ambos os sexos.

Para se ter uma ideia, um jovem de 25 anos precisa contribuir em média com 10% do salário. Se a remuneração for de R$ 3 mil, 40 anos depois, serão R$ 144 mil de puro investimento. No caso dos autônomos, esse valor pode dobrar.

As consequências dessas mudanças tendem a ser desanimadoras. É o que teme o advogado especializado em previdência, Wladimir Novaes Martinez.

É essa falta de informação um dos problemas mais urgentes a serem solucionados pelo Governo. Já que quase 63% dos jovens brasileiros admitem que nem sequer sabem o que é preciso fazer para se aposentar.

Por isso mesmo, é tão importante disseminar a cultura previdenciária e a importância de se investir numa previdência complementar fechada, com o objetivo de garantir um futuro mais seguro e tranquilo após a aposentadoria.

(Fonte: CBN – Central Brasileira de Notícias)