Informativo Contábil Eletra
21 de julho de 2017
A Previc realizou fiscalização na Eletra
28 de julho de 2017
Exibir tudo

Giro de Notícias – Edição 145

ASSINADO ACORDO DE COOPERAÇÃO COM O CIEE

 

A Abrapp (Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar) e a UniAbrapp (Universidade Corporativa da Previdência Complementar), de um lado, e o CIEE (Centro de Integração Empresa Escola), de outro, assinaram, no último dia 10 de julho, Acordo de Cooperação Técnica e Cultural, no intuito de juntar forças para ampliar o conhecimento que os jovens brasileiros têm acerca da previdência complementar fechada. A ideia surgiu após a bem sucedida participação de nossas entidades na “Feira do Estudante 2017”, realizada em fins de maio em São Paulo e visitada por um público superior a 70 mil pessoas, e deverá ensejar a presença de um estande do CIEE no “38º Congresso Brasileiro da Previdência Complementar Fechada”, de 4 a 6 de outubro, também na capital paulista.

Ao ato de assinatura do acordo de cooperação estavam presentes o Presidente da Abrapp, Luís Ricardo Marcondes Martins, o Diretor-Presidente da UniAbrapp e Vice-presidente da Abrapp, Luiz Paulo Brasizza, e o Superintendente-geral da Abrapp, Devanir Silva e, do lado do CIEE, Luiz Gonzaga Bertelli – Presidente do Conselho de Administração, Humberto Casagrande Neto – Superintendente Geral e Ricardo Melantonio – Superintendente de RH, Jurídico e Compliance.

O Presidente Luís Ricardo lembrou no ato que o movimento de aproximação com a juventude faz parte de um amplo esforço destinado a fomentar a previdência complementar fechada, do qual fará parte o lançamento, no “38º Congresso Brasileiro da Previdência Complementar Fechada”, de um fórum destinado a incrementar a poupança previdenciária. De sua parte, Brasizza notou que esse tipo de ação traz um ainda maior benefício aos jovens, na medida em que não apenas cuida de sua inserção no mercado de trabalho, mas também oferece educação financeira e previdenciária de qualidade. Já Devanir Silva observou que a abertura de empresas e entidades para estagiários e aprendizes é uma prática de renovação que contribui fortemente para a sustentabilidade dessas organizações. Falou também do desejo de se divulgar o trabalho do CIEE junto às associadas, uma vez que muitas delas também desenvolvem programas de estágio. Luiz Gonzaga, por sua vez, sublinhou o desafio da preparação dos jovens para um mercado de trabalho que se reinventa.

O primeiro passo para a assinatura desse acordo foi dado antes da feira pelo Presidente Luís Ricardo que, acompanhado pelo Superintendente-geral, Devanir Silva, visitou em abril a alta direção do CIEE, num esforço para dar materialidade aos nossos planos de nos aproximarmos mais dos jovens. A estratégia faz todo o sentido uma vez que o CIEE é uma organização com mais de 50 anos de vida e que reúne atualmente 300 mil estagiários, 70 mil aprendizes e 3 milhões de jovens cadastrados.

Oportunidade aproveitada – Chegar aos jovens através do CIEE é algo que ocorre dentro do projeto “Previdência Complementar para Todos”, que integra o Planejamento Estratégico de nossa Gestão para o triênio 2017-2019. E a nossa participação na Feira há um mês e meio atrás foi uma oportunidade bem aproveitada de atingir o objetivo. De todas as formas possíveis, através de palestra, uso de camisetas com mensagem, distribuição de revistas em quadrinhos e disponibilização no estande da Abrapp e UniAbrapp de programa de computador que simula o envelhecimento e muita informação, foi passado o conceito segundo o qual a previdência é antes de tudo “coisa para jovem”. Tudo foi transmitido ao vivo pela TV-Abrapp para a página da Associação no Facebook.

Pelos termos do documento, essa união de esforços se concretizará especialmente nos momentos da realização de feiras, seminários, cursos, congressos e atividades culturais diversas, ao lado de uma sempre que possível intensa troca de informações.

(Fonte: Jorge Wahl)

 

PREVIC ALERTA SOBRE TENTATIVA DE FRAUDE

 

A Previc informa aos participantes e assistidos que são fraudulentos os ofícios e comunicações em nome da Superintendência Nacional de Previdência Complementar que, supostamente, orientam sobre o direito de resgate de contribuições de planos de aposentadoria complementar.

Assim que tomou conhecimento da tentativa de fraude, a autarquia encaminhou ofício para a Polícia Federal e Ministério Público Federal para as providências cabíveis.

As mensagens autênticas da Previc nunca solicitam informações pessoais ou bancárias dos cidadãos, nem cobram por serviços prestados ou custas judiciais. Em caso de dúvidas, entre em contato pelos seguintes canais de atendimento:

· Telefone: (61) 2021-2029
· E-mail: previc.ouvidoria@previc.gov.br
· Sistema: e-OUV (link)
· Endereço: SCN Quadra 6, Ed. Venâncio 3000, conjunto A, 12º andar-Brasília/DF

Na tentativa de coibir atos dessa natureza, que podem causar prejuízos aos cidadãos desavisados, a Previc solicitou às entidades fechadas de previdência complementar que divulguem o alerta para seus participantes e assistidos nos meios de comunicação usualmente utilizados.

(Fonte: PREVIC – Assessoria de Comunicação Social)