Eleição para escolha de novos membros dos Conselhos Deliberativo e Fiscal da ELETRA
9 de dezembro de 2016
Comunicado – dia 14/12/2016
14 de dezembro de 2016
Exibir tudo

Giro de Notícias – Edição 116

VOCÊ SABE FAZER UM BOM USO DO SEU 13º?

 

Muitos veem o 13º salário como uma salvação e aguardam ansiosos o pagamento do benefício. Mas será que ele está sendo usado da melhor maneira? As despesas no fim do ano são maiores devido as festas de fim de ano, viagens e claro, o pagamento de dívidas.

Segundo estimativa do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), em 2016 o pagamento dele deve injetar R$ 197 bilhões na economia, o equivalente a 3% do Produto Interno Bruto (PIB). Cerca de 84 milhões de brasileiros receberão um rendimento adicional, em média, de R$ 2.192. O total a ser pago é R$ 15 bilhões maior (ou 8,2%) do que o desembolsado em 2015.

Diante do cenário de crise, é preciso pensar com cuidado qual destino dar a renda extra. A Associação Nacional dos Executivos de Finanças Administração e Contabilidade (Anefac) realizou um estudo apontando que o número de pessoas que vão pagar dívidas com o 13º aumentou 8,82% em 2015, último ano que a pesquisa foi feita.

O uso correto do dinheiro muda de acordo com o perfil de cada pessoa. Confira abaixo a melhor maneira de usar o seu:

Pagar contas em atraso

Quem tem dívidas já vencidas deve usar esse dinheiro para quitá-las e evitar que fiquem maiores que a capacidade de pagamento do devedor. No entanto, os especialistas alertam: há uma diferença entre o devedor controlado e o inadimplente. Quem tem dívidas, mas costuma pagá-las em dia, pode usar parte do 13º para quitar alguns débitos e a outra parte deve ser poupada.

Gastar

Se você está com as contas no azul, parabéns! Mas atenção: não tire proveito dessa situação para “torrar” todo o seu 13º salário. Use uma parte para adquirir alguns presentes de natal, pequena ceia, invista numa viagem, compre uma roupa nova ou faça aquele curso que você sempre quis, mas lembre-se: reserve parte do dinheiro para investir.

Comprar material escolar

Você pode aproveitar uma parte do 13º para gastar com a compra de livros, cadernos e outros itens que seus filhos vão usar no ano letivo de 2017. Guarde um pouco do dinheiro que receber para quando chegar a fatídica lista de material escolar como acontece sempre no início do ano. Assim, você alivia a conta e ainda pode conseguir alguns descontos, já que terá dinheiro para pagamento à vista.

Poupar para aposentadoria

Outra ideia é usar o 13º para fazer uma contribuição extraordinária para o seu plano de previdência complementar. Ao fazer esse aporte (além das contribuições normais que você faz ao longo do ano), você estará aumentando o seu saldo de conta e consequentemente o seu benefício futuro também aumentará. Quanto maior o valor aplicado, maiores serão os rendimentos e, quanto mais cedo começar, mais tempo eles ficarão rendendo na sua conta. Além de poder alavancar seus rendimentos, é possível ainda deduzir os valores das contribuições em até 12% da base de cálculo do Imposto de Renda anual.

(Fonte: Exame e Site Contábil)

 

 

COMUNICADO

 

Em virtude das festas de final de ano, o Giro de Notícias não circulará nos dias 21 e 28 de dezembro e 04 de janeiro de 2017. A veiculação normal será retomada em 11 de janeiro de 2017.