Giro de Notícias – 205
10 de outubro de 2018
ELETRA INFORMA AOS PARTICIPANTES SOBRE A VENDA DE SUA SEDE
19 de outubro de 2018
Exibir tudo

Giro de Notícias – 206

PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR FECHADA – O QUE VOCÊ
PRECISA SABER SOBRE ELA

No Brasil, a previdência privada, também chamada de previdência complementar, é dividida em dois tipos: as fechadas e as abertas. Como o próprio nome já diz, a Previdência Complementar Fechada é feita por ou para empresas ou associações e de uso exclusivo de seus funcionários ou associados. Muito diferente das abertas, que são os planos oferecidos por bancos e seguradoras, podendo ser adquiridos por qualquer pessoa física ou jurídica. Apesar de serem investimentos similares, o resultado final é bem diferente. Entenda os porquês.

PREVIDÊNCIA FECHADA X PREVIDÊNCIA ABERTA

Antes de detalhar a Previdência Complementar fechada, queremos mostrar um comparativo, que demonstra as diferenças entre as modalidades aberta e fechada. Afinal, muitas pessoas as confundem.

Na previdência complementar fechada, a empresa investe junto com você

As entidades fechadas de previdência complementar possuem vantagens em relação aos planos oferecidos por entidades abertas que atendem o público geral, como os bancos. Uma das principais pode ser a contrapartida da patrocinadora que, dependendo da regra do plano de previdência, chega a dobrar o valor da contribuição mensal, quando possuem uma paridade de contribuição de um para um. Ou seja, para cada R$ 1 depositado pelo participante, a empresa aplica mais R$ 1. A contrapartida também pode ser sobre a contribuição básica do participante, no qual a patrocinadora colabora com o mesmo valor do seu depósito mensal no fundo previdenciário. Além disso, os planos de previdência fechada também possuem incentivos fiscais e não têm fins lucrativos. Desta forma, revertem todos os recursos aplicados para o próprio fundo. Já os planos abertos possuem fins lucrativos e utilizam parte dos rendimentos para a gerência do negócio.

Custos baixos = maiores rendimentos

Existem dois tipos comuns de taxa. A de carregamento, que é o percentual descontado para cada aporte realizado no plano de previdência, e a de administração, cobrada anualmente pelas entidades financeiras para gerência do fundo. É importante prestar atenção nelas, pois ambas podem variar entre as diversas entidades, o que faz muita diferença no momento de resgatar o dinheiro do plano. Por serem muitas vezes subsidiados pelas empresas, os planos fechados de previdência costumam ter taxas inferiores às praticadas no mercado. É comum encontrar entidades em que não existe a taxa de carregamento. Já as taxas de administração, nas instituições de previdência privada, costumam variar de 1,5% a 4%, e serve de base sobre o total de recursos da aplicação.

Vantagens mesmo em caso de desligamento

Uma das maiores precauções em aderir ao plano de previdência de sua empresa pode ser a possibilidade de desligamento no futuro. Porém, nesse caso, cada plano tem regras próprias e com opções de resgate de uma parcela dos recursos investidos. O colaborador também pode escolher continuar depositando o valor correspondente no plano, o chamado Autopatrocínio, ou solicitar a Portabilidade para outra previdência, ou ainda, optar pelo Benefício Proporcional Diferido, no qual você mantém os recursos na entidade, pagando apenas a taxa de administração, enquanto aguarda preencher os requisitos para fazer jus à suplementação de aposentadoria.

Dedutíveis do Imposto de Renda

Além de diversas vantagens, como a suplementação de aposentadoria, participar do plano de previdência da sua empresa pode lhe render benefícios fiscais no Imposto de Renda. Quem faz a declaração completa, tem o direito de deduzir suas contribuições, até o limite de 12% da renda bruta, durante o período de atividade.

Previdência Complementar Fechada: um privilégio

Agora que você já conhece as principais características dos Planos de Previdência Complementar Fechados, já sabe que ela sai na frente de muitos investimentos, por possuir baixo custo de administração, contrapartida da empresa, bons resultados de rentabilidade e segurança. Quem conta com um plano de previdência complementar na sua empresa tem o privilégio de garantir uma ótima aposentadoria. Caso, você ainda não tenha certeza se esta é a melhor alternativa para o seu futuro, uma boa ideia é solicitar uma consultoria e tirar todas as suas dúvidas. Quanto mais cedo definir a estratégia para uma aposentadoria tranquila, melhor.

(Fonte: Notícias da previdência)