Giro de Notícias – Edição 47
29 de julho de 2015
Novo sistema de informática da Eletra
29 de julho de 2015
Exibir tudo

Ganho real da poupança e rentabilidade da Eletra

GANHO REAL DA POUPANÇA E RENTABILIDADE DA ELETRA

 

Pesquisa feita no mês de junho/15 pela empresa de Consultoria Economática, constatou que o ganho real (descontada a inflação) da poupança em 12 meses teve o pior resultado deste outubro/2003.

A pesquisa aponta que houve perda de poder aquisi­tivo pelo sétimo mês consecutivo, levando a poupan­ça a ser considerada o pior investimento de 2015. O melhor desempenho em 2015, descontando o IPCA (inflação), é o ouro, com ganho real de 10,43%.

Em 12 meses a poupança só ganhou da Bolsa de Va­lores. A perda de poder aquisitivo da Bovespa foi de (8,32%) contra (1,31%) da poupança. O melhor inves­timento em 12 meses foi o dólar no mercado paralelo, com ganho real de 29,36%.

Há seis meses, os brasileiros estão retirando mais di­nheiro da poupança do que guardando. Em junho, a caderneta da poupança registrou saída líquida (reti­radas menos depósitos) de R$ 6,26 bilhões, segundo o Banco Central. Foi a maior saída de recursos para o mês desde o início da série histórica, em 1995.

O resultado acontece em um momento de aumento do custo de vida, com inflação subindo e juros mais altos.

As duas razões principais para a fuga de recursos da poupança:

1) Honrar compromissos em um momento eco­nômico difícil; e

2) Queda do rendimento da poupança em rela­ção a outros investimentos.

Eletra News - 17.07

Trazendo os fatos acima para a realidade da Eletra, destacamos que apesar dos investimentos da Funda­ção estarem com retorno positivo, existe uma frus­tação em relação ao mercado financeiro, pelo fato de que se esperava um retorno melhor. Tal frustação não é só da Eletra, mas sim da maioria dos investidores.

Ressalta-se que apesar do retorno dos investimentos obtidos pela Fundação não ser o que se esperava até o presente momento, pois este foi prejudicado pelo atual momento de instabilidade, demonstramos por meio do gráfico apresentado abaixo, o comparativo da evolução da rentabilidade da Cota do Plano Celgprev da Inflação (INPC) e da Poupança no período de ju­lho/14 a junho/15, onde se pode verificar que mesmo tendo a frustação em relação ao mercado financeiro, a rentabilidade do Plano Celgprev está superando a In­flação e a Poupança, investimento este comum entre os brasileiros.

O bom desempenho apresentado pela variação da Cota do Plano Celgprev, demonstra que a Eletra está sempre atenta às oscilações do mercado financeiro, visando alcançar melhores rentabilidades para os re­cursos dos seus participantes, sejam eles ativos ou as­sistidos.

Eletra News - 17.07

Alcançar boas rentabilidades em momentos difíceis do mercado financeiro é um alvo de persistência di­ária dos gestores da Fundação, de forma a garantir a constante evolução do seu patrimônio, o qual irá pro­porcionar um futuro tranquilo aos seus participantes por ocasião da aposentadoria.