EDUCAR – Documentário retrata idosos que desafiam o senso comum
29 de julho de 2015
EDUCAR – 20 regras para viver com qualidade
29 de julho de 2015
Exibir tudo

EDUCAR – Introdução à Educação Financeira

INTRODUÇÃO À EDUCAÇÃO FINANCEIRA

A Educação Financeira não consiste somente em apren­der a economizar, cortar gastos, poupar e acumular di­nheiro.

É muito mais que isso. É buscar uma melhor qualidade de vida tanto hoje quanto no futuro, proporcionando a segurança material necessária para aproveitar os praze­res da vida e ao mesmo tempo obter uma garantia para eventuais imprevistos.

A famosa fábula da “Formiga e da Cigarra” exemplifica muito bem uma eterna questão que tentamos resolver diariamente: “Será melhor simplesmente aproveitar o dia de hoje ou nos preparar para o futuro”?

Traduzindo isto em um exemplo prático, suponha que você esteja passeando em um shopping e passa por uma loja com aquela roupa fantástica que você sempre so­nhou. Você não tem mais dinheiro para o mês. O que você faz?

  • compra a roupa no cartão, em 3 vezes, afinal você merece. Nunca se sabe o dia de amanhã, mas ele vai ser melhor com esta roupa nova;
  • não compra naquele momento. Mas volta para casa e começa a planejar o que fazer para economizar e comprá-la daqui a 3 meses;
  • não compra naquele momento e nem depois. Afi­nal você tem outros objetivos mais importantes e priori­tários que deseja cumprir antes da compra da roupa.

Existe uma resposta correta? Não. Aliás, você pode esco­lher respostas diferentes de acordo com o momento da sua vida. O mais importante é que você escolha a sua res­posta de modo consciente, que conheça as implicações de sua decisão e tenha uma atitude equilibrada. Isto é Educação Financeira.

É, parece fácil, mas não é. O nosso objetivo aqui é ajudá­-lo a buscar este equilíbrio na sua vida financeira. Não desista, mas também não espere soluções rápidas ou mi­lagrosas. Dê um passo a cada dia. Pode não parecer, mas no longo prazo você vai se surpreender com os resultados!

ESTABELECENDO OBJETIVO


Edição 10

A busca pela qualidade de vida no presente e no futu­ro envolve o estabelecimento de objetivos que podem ter valores e prazos diversos. Para algumas pessoas, este processo de definição de metas é algo que ocorre natural­mente, sem muita dificuldade.

Se este não é o seu caso, não se preocupe. Você faz parte da maioria! Mas isto não é desculpa para não tê-los. O seu objetivo pode ser fazer uma viagem no próximo ano, trocar de carro em 2 anos, comprar a casa própria em 10 anos ou simplesmente acabar com aquela dívida do car­tão até o final do ano.

Provavelmente você irá constatar que possui muitos ob­jetivos para poucos recursos. O passo seguinte é então priorizar os objetivos e, por fim, estabelecer metas de poupança. E sempre que você tiver que tomar uma de­cisão sobre “gastar ou não gastar”, pense no seu objetivo. Pense em como a sua decisão fará com que você fique mais perto ou mais longe da sua meta.

Gerenciador de Sonhos

Para começar de uma maneira simples, estabeleça ao me­nos UM objetivo com relação ao seu dinheiro. Busque uma meta bem simples e de curto prazo, de modo que você consiga ver os resultados mais facilmente e vá ga­nhando confiança em si. Em pouco tempo você já estará buscando objetivos maiores e de longo prazo!

A educação financeira é uma ferramenta importante para a realização dos seus sonhos.

(Fonte: http://minhaseconomias.com.br/educacao-financeira)