Diretoria da CELG D manifesta intenção de assegurar a manutenção do patrocínio dos planos de benefícios administrados pela Eletra

EDUCAR – 20 regras para viver com qualidade
29 de julho de 2015
Giro de Notícias – Edição 45
29 de julho de 2015
Exibir tudo

Diretoria da CELG D manifesta intenção de assegurar a manutenção do patrocínio dos planos de benefícios administrados pela Eletra

DIRETORIA DA CELG D MANIFESTA INTENÇÃO

DE ASSEGURAR A MANUTENÇÃO DO PATROCÍNIO

DOS PLANOS DE BENEFÍCIOS ADMINISTRADOS PELA ELETRA

 

Nesse período de transição por que vem passando a Patrocinadora CELG D, muitos assistidos e participantes tem manifestado, aos Diretores e Conselheiros da Fundação, preocupação com relação aos reflexos daquele processo em relação à ELETRA.

Embora não seja possível determinar, neste momento, com precisão, quais serão as de­finições dos futuros controladores quanto ao fundo de pensão, uma questão é certa, o arcabouço jurídico em vigor protege os direitos dos assistidos e participantes dos dois planos de benefícios administrados por nossa Entidade (ELETRA 1 e CELGPREV).

Apesar disso, algumas medidas adicionais podem ser, previamente, adotadas, com o ob­jetivo de preservar, não apenas, o patrocínio dos atuais planos de benefícios, mas tam­bém garantir que os mesmos continuem sendo administrados pela ELETRA, algo de suma importância para a família Celgueana, tendo em vista que a entidade é gerida pelos próprios participantes e assistidos.

E foi exatamente essa a preocupação externada pelo Presidente da CELG D, na reunião da Diretoria Colegiada daquela Patrocinadora, realizada no último dia 02, para a qual foram convidados os Diretores da ELETRA e o Presidente do seu Conselho Deliberativo.

Naquela oportunidade, o Presidente Sinval Zaidan Gama solicitou que a Diretoria Exe­cutiva da Fundação faça um levantamento das experiências positivas de outras empresas do setor elétrico que já passaram por este mesmo processo, com o objetivo de buscar subsídios que garantam a manutenção da ELETRA.

Pertinente destacar que, em várias empresas (CESP, COELBA, CELPE, COELCE, CE­MAR, dentre outras), o edital determinou ao novo controlador a obrigação de manter o patrocínio dos planos de benefícios administrados por suas respectivas entidades fecha­das de previdência privada.

Assim, aquela posição externada pela atual Diretoria da CELG D é uma importante sinalização para a ELETRA.

Vale ressaltar que a Diretoria e os Conselhos Deliberativo e Fiscal da Fundação têm acompanhado este processo e envidarão todos os esforços para proteger os interesses da entidade e dos seus participantes e assistidos.